Primeira Presidência Compartilha Mensagens de Páscoa na Conferência Geral

Comunicados da Imprensa

 Páscoa é o ponto máximo do culto cristão. É uma época de esperança quando os seguidores de Cristo ao redor do mundo - incluindo membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias - lembram o sofrimento de Jesus Cristo por nossos pecados no Jardim do Getsémani, Sua crucificação na cruz do Calvário e celebram Sua gloriosa Ressurreição. O fundador da Igreja, Joseph Smith, chamou os testemunhos da vida de Jesus Cristo, incluindo Sua ressurreição e ascensão ao céu, os "princípios fundamentais de nossa religião" e "todas as outras coisas são apenas apêndices".

Com a Páscoa e as sessões dominicais da conferência geral da Igreja em abril de 2018 coincidindo, cada um dos três membros da Primeira Presidência da Igreja compartilhou mensagens importantes da Páscoa na reunião da manhã de domingo da conferência.

Presidente Russell M. Nelson

Sem a Expiação infinita do nosso Redentor, nenhum de nós teria esperança de voltar ao nosso Pai Celestial. Sem Sua ressurreição, a morte seria o fim. A Expiação de nosso Salvador tornou a vida eterna uma possibilidade e a imortalidade uma realidade para todos.

Presidente Dallin H. Oaks, Primeiro Conselheiro

Hoje unimo-nos a outros cristãos para celebrar a ressurreição do Senhor Jesus Cristo. Para os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, a ressurreição literal de Jesus Cristo é um pilar da nossa fé. Por acreditarmos nos relatos tanto da Bíblia quanto do Livro de Mórmon sobre a Ressurreição literal de Jesus Cristo, também acreditamos nos numerosos ensinamentos das escrituras de que uma ressurreição semelhante virá a todos os mortais que já viveram nesta terra. Essa ressurreição dá-nos o que o apóstolo Pedro chamou de “esperança viva” (1 Pedro 1: 3). Essa esperança viva é a nossa convicção de que a morte não é a conclusão da nossa identidade, mas apenas um passo necessário no plano misericordioso do Pai Celestial para a salvação de Seus filhos. Esse plano exige uma transição da mortalidade para a imortalidade. Central para essa transição é o pôr-do-sol da morte e a manhã gloriosa tornada possível pela Ressurreição de nosso Senhor e Salvador que celebramos neste Domingo de Páscoa.

Presidente Henry B. Eyring, Segundo Conselheiro

Agradeço a nosso Pai Celestial pelo presente de Seu Filho Amado, que veio voluntariamente à Terra para ser nosso Redentor. Sou grato por saber que Ele expiou nossos pecados e ressurgiu na ressurreição. Todos os dias sou abençoado por saber que, por causa de Sua Expiação, um dia serei ressuscitado para viver para sempre numa família amorosa.
 

Observação de Guia de Estilo:Em reportagens ou notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por favor utilize o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome da Igreja, procure on-line pelo nosso Guia de Estilo.